Lembrando Cartola

Origem: Wikipedia

Angenor de Oliveira, mais conhecido como Cartola nasceu no Rio de Janeiro em 11 de Outubro de 1908.
Foi um Cantor, Compositor, Poeta e Violonista brasileiro. Tem como maiores sucessos as músicas: As Rosas não falam, O Mundo é um Moinho e Alvorada.
Considerado por diversos músicos e críticos como o maior sambista da história da música brasileira, Cartola nasceu no bairro do Catete, mas passou a infância no bairro de Laranjeiras.
Tomou gosto pela música e pelo samba ainda menino e aprendeu com o pai a tocar violão. Dificuldades financeiras obrigaram a Família numerosa a se mudar para o morro da Mangueira, onde então começava a despontar uma incipiente favela.

Na Mangueira, logo conheceu e fez amizade com Carlos Cachaça — seis anos mais velho — e outros bambas, e se iniciaria no mundo da boêmia, da malandragem e do samba.
Com 15 anos, após a morte de sua mãe, abandonou os estudos — tendo terminado apenas o primário. Arranjou emprego de servente de obra e passou a usar um chapéu-coco para se proteger do cimento que caía de cima. Por usar esse chapéu, ganhou dos colegas de trabalho o apelido "Cartola".
Junto com um grupo de amigos sambistas do morro, Cartola criou o Bloco dos Arengueiros, cujo núcleo em 1928 fundou a Estação Primeira de Mangueira. Ele compôs também o primeiro samba para a escola de samba, "Chega de Demanda".


Foto: Alexandre Durão/g1
A Estação Primeira de Mangueira homenageou na Sexta-feira (22 de Abril) os três ilustres mangueirenses Cartola, Jamelão e Delegado.
O Enredo ❝Angenor, José & Laurindo❞ celebrou Cartola, compositor essencial da Mangueira e da música popular brasileira, Jamelão, grande voz que defendeu a Escola por 58 carnavais, e Delegado, o mestre dos mestres-sala na defesa do pavilhão verde e rosa.

Os sambas de Cartola se popularizaram na década de 1930, em vozes ilustres como Araci de Almeida, Carmen Miranda, Francisco Alves, Mário Reis e Sílvio Caldas.
Em 1974, aos 66 anos, Cartola gravou o primeiro de seus quatro discos-solo e sua carreira tomou impulso de novo com clássicos instantâneos como "As Rosas não Falam", "O Mundo É um Moinho", "Acontece", "O Sol Nascerá" (com Elton Medeiros), "Quem Me Vê Sorrindo" (com Carlos Cachaça), "Cordas de Aço", "Alvorada" e "Alegria". No final da década de 1970, mudou-se da Mangueira para uma casa em Jacarepaguá, onde morou até a morte, em 1980.

Play list
Cartola
  • Beth Carvalho

    Beth Carvalho
    O Mundo é um Moinho e As Rosas não falam (Cartola)

  • Claudia Telles-Corra e olhe o Céu

    Claudia Telles - Corra e olhe o Céu
    (Cartola)

  • Clara Nunes - Alvorada

    Clara Nunes - Alvorada
    (Cartola)

  • Cartola - Acontece

    Cartola - Acontece
    (Cartola)


Fonte das Músicas:
Beth Carvalho (O Mundo é um Moinho e As Rosas não falam) - Indie Records
Claudia Telles - Corra e olhe o Céu Cláudia Telles - Tema
Clara Nunes - Alvorada - Universal Music Group
Cartola - Acontece - Socartola
2022-05-02T23:12:13-03:00

Comentários

Sobre o Portal

Home do Portal O Portal dos Radialistas (Jabá do bom) é um Blog direcionado ao tema Rádio: Audios, Bom humor, Causos, Fotos, História, Homenagens, Informativos e Programas das Rádios e seus Profissionais de todo o Brasil.

Testemunhais

Mural de Recados

Deixe seu recado.

Livro de Visitas

Se gostou do Portal, assine o nosso Livro.