Lembrando Jamelão, um Ilustre Sambista

Fontes: Jamelão: Um Ilustre Sambista - Culturamix.com: 2012 e
Jamelão, 87 Anos, uma Vida com o Samba no gogó - ISTOÉ Gente

Nascido no dia 12 de maio do ano de 1913 no Rio de Janeiro, José Bispo Clementino dos Santos, conhecido mais como Jamelão, foi um Cantor brasileiro, conhecido por ser um tradicional Intérprete dos Enredos de samba da Escola de Samba Mangueira.
Jamelão nasceu no Bairro São Cristóvão e passou grande parte da juventude no Engenho Novo, onde foi morar com os Pais, onde também começou a trabalhar para ajudar no sustento da Família, pois naquele momento seus pais tinham se separado.

O menino José Bispo Clementino dos Santos começou a usar a voz para viver muito cedo.
Aos 10 anos, era conhecido como o moleque Saruê e já gritava pelas Ruas vendendo Jornais nos subúrbios cariocas. A identificação com a música começou nos anos 20, quando José Bispo conciliava o trabalho na Fábrica têxtil Confiança com apresentações noturnas, como Cantor e tocador de Cavaquinho no antigo Clube Cajuti, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio. A fábrica, que ficava no mesmo Bairro, era a mesma citada por Noel Rosa no samba Três Apitos.

Antes de conquistar espaço nas Rádios, o Cantor iniciante se virava como divulgador de Sambas, profissão existente na Época.
No iní­cio dos anos 40, muitos Compositores testavam suas músicas em Cabarés e Gafieiras. Para isso, contratavam um Cantor desconhecido que interpretava as composições. Caso as músicas agradassem ao público, eram entregues para Cantores famosos gravarem.
Durante oito anos, Jamelão trabalhou nesse ofí­cio, quando imitava os maiores Cantores da Época, como Orlando Silva e Ciro Monteiro, até conseguir ser contratado na antiga Rádio Clube do Brasil.

O apelido ele ganhou por acaso, antes de começar a cantar.
Numa Gafieira, José Bispo foi ví­tima de uma brincadeira dos amigos, que pediram ao gerente para chamar o ainda aprendiz de Cantor ao palco.
Sem saber o nome do futuro intérprete, o gerente o apresentou como Jamelão.
O apelido pegou e, a partir daí­, o nome José Bispo começou a ser esquecido.
Da Época áurea do Rádio, foi Corista do Cantor Francisco Alves, de quem ele assumiu o lugar para cantar em uma noite, música de Herivelto Martins.


Foto: Alexandre Durão/g1
Apaixonou-se pela Escola de Samba, quando conheceu a Estação Primeira de Mangueira, ao ser levado lá por um amigo músico.
Ele começou jovem na Bateria da Mangueira tocando Tamborim e depois, um dos principais Intérpretes dos Enredos.

A Estação Primeira de Mangueira homenageou nesta Sexta-feira (22) os três ilustres mangueirenses Cartola, Jamelão e Delegado.
O Enredo “Angenor, José & Laurindo” celebrou Cartola, compositor essencial da Mangueira e da música popular brasileira, Jamelão, grande voz que defendeu a Escola por 58 carnavais, e Delegado, o mestre dos mestres-sala na defesa do pavilhão verde e rosa.



Play list
Jamelão
  • Jamelão e Alcione

    Jamelão e Alcione (2003)
    Nunca (Lupicínio Rodrigues) e Vingança (Linda Batista / Lupicínio Rodrigues)

  • Sr.Brasil - Jamelão

    Sr.Brasil - Jamelão
    Tv Cultura (2006)

  • Jamelão - Volta

    Jamelão -Volta
    (Ronaldo Boscoli / Roberto Menescal)

  • Jamelão - Cadeira vazia

    Jamelão - Cadeira vazia
    (Alcides Gonçalves / Lupicínio Rodrigues)


Fonte das Músicas:
Jamelão e Alcione (Nunca e Vingança) - Biscoito Fino
Sr. Brasil - Jamelão (Esses moços, Folhas mortas e Matriz ou filial) - Sr. Brasil - TV Cultura
Jamelão - Volta - WM Brazil
Jamelão - Cadeira vazia - WM Brazil
2022-04-28T11:25:07-03:00

Comentários

Sobre o Portal

Home do Portal O Portal dos Radialistas (Jabá do bom) é um Blog direcionado ao tema Rádio: Audios, Bom humor, Causos, Fotos, História, Homenagens, Informativos e Programas das Rádios e seus Profissionais de todo o Brasil.

Testemunhais

Mural de Recados

Deixe seu recado.

Livro de Visitas

Se gostou do Portal, assine o nosso Livro.