Morre o cantor Roberto Leal


Morre em SP o cantor Roberto Leal, aos 67 anos.
Cantor, conhecido pela música 'Arrebita' entre outras, estava internado havia 5 dias no Hospital Samaritano e morreu em decorrência de tumor que evoluiu e causou insuficiência renal.
O velório será na segunda-feira (16) na Casa Portugal, das 7h às 14h. O enterro será à tarde, no Cemitério de Congonhas, na Zona Sul da capital paulista, informou o empresário do cantor há mais de 40 anos, José Sá.

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, por meio de nota, homenageou o cantor, que era conhecido como embaixador da cultura portuguesa no Brasil.
❝O Presidente da República recorda Roberto Leal com amizade, lembrando o seu papel junto das comunidades portuguesas, nomeadamente no Brasil, com ligação às suas raízes, durante várias décadas❞, diz a nota.

Roberto Leal, nome artístico de António Joaquim Fernandes, foi um cantor, compositor e ator português radicado no Brasil. Devido a seu sucesso, alcançado na década de 1970, apresentava-se como um embaixador da cultura portuguesa no Brasil.
Nascimento: 27 de novembro de 1951, Vale da Porca, Macedo de Cavaleiros, Portugal


Em 45 anos de carreira, vendeu mais de 17 milhões de discos e gravou mais de 400 músicas. Entre elas, também estão faixas como ❝Bate o pé❞ e ❝A festa ainda pode ser bonita❞.

Nascido em Macedo de Cavaleiros, no norte de Portugal, o cantor se mudou para o Brasil aos 11 anos, com os pais e nove irmãos. Em São Paulo, trabalhou como sapateiro e vendedor em uma feira.

Em 1978, protagonizou o filme ❝O milagre - O poder da fé❞, inspirado em sua própria história.

No final dos anos 80, voltou a morar em Portugal para se dedicar ao mercado musical europeu. Nesse período, comandou um programa na TV do país.

Mais de 20 anos depois do lançamento de ❝Arrebita❞, do refrão: ❝Ai, cachopa, se tu queres ser bonita, arrebita, arrebita, arrebita❞ a popularidade do cantor ganhou vida nova quando, em 1995, os Mamonas Assassinas lançaram ❝Vira-vira❞, que satiriza músicas dele.
Em entrevistas, Leal costumava dizer que se sentia homenageado pelo grupo. Retornou ao Brasil em 1998 e, dois anos depois, lançou o disco ❝Roberto Leal canta Roberto Carlos❞. Seguiu produzindo discos e coletâneas. O último, ❝Arrebenta a festa❞, saiu em 2016.

Fontes:Wikipédia, G1

Roberto Leal - Arrebita  

2019-09-15T12:42:09-03:00

Comentários

Sobre o Portal

Home do Portal O Portal dos Radialistas (Jabá do bom) é um Blog direcionado ao tema Rádio: Audios, Bom humor, Causos, Fotos, História, Homenagens, Informativos e Programas das Rádios e seus Profissionais de todo o Brasil.

Testemunhais

Mural de Recados

Deixe seu recado.

Livro de Visitas

Se gostou do Portal, assine o nosso Livro.