Boca do Mato (Wanderley Cabral Xavier)

O meu amigo Wanderley Cabral Xavier nasceu em Cataguases, Minas, na década de 30.
Em 1953, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde mora.
Em 1955, publicou em caráter restrito o seu livro Noite, e, posteriormente, em 1986, o livro Noite e Madrugada (seleção de poemas do primeiro livro acrescido de inéditos).
Hoje, com a devida permissão, tenho o prazer de iniciar a publicação de alguns de seus maravilhosos poemas.



Falando com o Coração Home Page


Dez horas na rua.
O homem que passa,
Triste e velho,
Não vê os teus olhos
Que a lágrima corou.


Bêbado, só, velho e triste.
Não sabe que o vento,
Que busca acordá-lo,
Carrega a infância
Que o álcool matou.


Vai andando, sem rumo,
Sem casa, sem nada,
Que a filha, que tinha,
No copo quebrou.


Dez horas na rua.
Silêncio em tuas mãos.
O tempo parado.
Tua boca vazia.
Noite completa, sem saudades,
Sem cães, sem piano.
Chopin dorme.
E o homem, que passa, triste e velho,
Não vê os teus olhos
Que a lágrima corou.


(Wanderley Cabral Xavier)
* Do livro "Noite" *

Proibida a cópia e publicação em outras páginas,
sem a prévia autorização do autor.
Arte: Sonia Soares
Site: Falando com o Coração

2008-08-02T06:12:00.008-03:00

Comentários

Sobre o Portal

Home do Portal O Portal dos Radialistas (Jabá do bom) é um Blog direcionado ao tema Rádio: Audios, Bom humor, Causos, Fotos, História, Homenagens, Informativos e Programas das Rádios e seus Profissionais de todo o Brasil.

Testemunhais

Mural de Recados

Deixe seu recado.

Livro de Visitas

Se gostou do Portal, assine o nosso Livro.